Resumo – The Paradox of Design Research

Breve resumo do artigo “The Paradox of Design Research”, de Donnie McDaniel Johnson.

A pesquisa em design é um processo paradoxal, pois deve ser baseada tanto em evidências empíricas, quanto imaginativos. É fundamental que os designers coloquem-se no lugar dos consumidores para melhor entendê-los. Através da abordagem “informance”, o designer cria um personagem para expressar opiniões sobre as características do produto e as possibilidades de design. Isso pode ser eficaz para novos produtos ou para consumidores que possuem pouco em comum com os designers. Um dos tipos de “informance” é o “performance for an audience”, em que profissionais de diferentes áreas são trazidos para a pesquisa, a fim de contribuírem com ideias para o design. Outro tipo é o “design improvisation”, que é realizado dentro da própria equipe de pesquisa, por investigadores e designers, que discutem sobre consumidores potenciais. Atuando como consumidor, desginers podem aprender como funciona o mundo para as pessoas que fingem ser e dão voz às suas necessidades

Victor Nassar.

Referência: 

Johnson, Donnie McDaniel. The Paradox of Design Research. In: Design Research: Methods and Perspectives, edited by Brenda Laurel, Cambridge, Massachusetts: The MIT Press, 2003, p. 30-38.

Presente no livro de Brenda Laurel: Design Research: Methods and Perspectives

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s